fbpx

O universo das cervejas envelhecidas

As cervejas envelhecidas com madeiras em geral apresentam sabores e aromas mais complexos e um pouco diferentes das cervejas tradicionais.
Essas cervejas são conhecidas no mundo cervejeiro como Wood e Barrel Aged, e é incrível notar que não existe um estilo específico para ser envelhecido, pois a alquimia cervejeira permite tanto cervejas de alta fermentação, quanto baixa fermentação no processo de envelhecimento, claras e escuras, realmente, a única limitação é a falta de curiosidade.
Contudo, as bases mais comumente utilizadas pelas grandes cervejeiras são as Sours, Porters, Stouts, Barleywines e Saisons, pois em geral apresentam características físico-químicas que ajudam no seu envelhecimento.
O tempo é o fator chave no processo de envelhecimento e ele dirá quando a cerveja está pronta.
As Barrel Aged são maturadas dentro dos barris, e as Wood Aged recebem lascas de madeira no tanque de maturação.
É possível mudar os aromas e sabores escolhendo a madeira certa pro estilo certo.
É comum também usar madeiras que já foram utilizadas em produções de whisky e rum.
As cervejas envelhecidas chegam a ser maturadas durante 6 meses a 3 anos.
Com a combinação certa, é possível produzir cervejas de alto grau de complexidade, mais fortes alcoolicamente, incrivelmente saborosa e com aromas espetaculares.
Esses daí debaixo são os barris que utilizamos para RIP 2018 e Aristocrat BA 2019.

Deixe um comentário